Notícias

SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA LABORATÓRIOS: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO


Entende-se por “gestão laboratorial” uma solução tecnológica de gestão de dados, aquisição e armazenamento de resultados de análises, geração de relatórios, gestão de instrumentos, acesso via Web, indicadores de produtividade e a implantação de um LIMS integrado com os sistemas corporativos ERP e equipamentos existentes.

Todo este gerenciamento deve estar suportado por uma infraestrutura robusta de tecnologia da informação onde qualquer tipo de falha deve ser evitada a qualquer custo. Tal infraestrutura deve seguir normas internacionais de construção de projetos de datacenters, por exemplo a norma TIA-942 que estabelece requisitos mínimos para o projeto e instalação de datacenter.

Um projeto de construção de um laboratório deve sempre levar em consideração as questões relativas à infraestrutura de tecnologia da informação (hardware) e sistemas de gestão laboratorial (software). O projeto de infraestrutura deve considerar todos os quesitos de HVAC, energia, iluminação, arquitetura, piso elevado, redundância, controle de acesso físico e lógico, prevenção de incêndio, cabeamento estruturado, servidores e equipamentos de rede.

Por outro lado, o projeto de sistemas de informação deve considerar as políticas de segurança de TI da empresa, a definição do sistema de gestão laboratorial e sua integração com o sistema corporativo, o mapeamento dos processos vigentes no laboratório, instrumentos e interfaces.

Certamente, um projeto de tecnologia bem planejado e executado trará benefícios imediatos para a empresa no que tange aos ganhos em produtividade, baixo custo de propriedade (TCO) sobre a tecnologia empregada, retorno sobre o investimento (ROI) a médio prazo e visibilidade dos processos através de indicadores. Os “silos” de informação existentes (planilhas Excel com acesso compartilhado, documentos dispersos na rede, vários bancos de dados, etc) serão consolidados ou migrados para uma solução única onde toda a informação é centralizada e segura. Somente assim poderemos garantir a segurança da informação e extrair indicadores de produtividade bem embasados para auxiliar a tomada de decisões dos executivos da empresa.

O departamento de Tecnologia da Informação não deve ser um empecilho na melhoria dos processos e automação de um laboratório, e nem criar obstáculos para a introdução de um novo software ou processo que poderá melhorar a produtividade. Tecnologia da Informação sempre será o apoio ao planejamento estratégico da empresa visando a redução de custos, melhores controles, agregar valor aos serviços, disponibilidade de informações para a empresa, seus clientes e fornecedores.

O Grupo Vidy pode oferecer os seguintes serviços de tecnologia a fim de atender às normas ISO/IEC 17.025, FDA 21 CFR 11, GLP, ISO GUM e outras:

Software
• Reengenharia de processos para melhoria da produtividade;
• Definição de indicadores de produtividade e painéis de controle (gestão);
• Projetos de Sistemas de Gerenciamento Laboratorial (LIMS);
• Análise do ambiente tecnológico do laboratório (equipamentos, hardware, software, rede, etc);
• Análise da integração dos sistemas laboratoriais com o sistema corporativo da empresa (ERP – SAP, Oracle eBusiness, Dynamics, TOTVS, etc);
• Estudo de migração de dados e Gestão do Conhecimento (Business Intelligence);
• Validação de sistemas para atender à ANVISA RDC #53 de 30/11/2010 - Validação de Sistema Computadorizado.

Implantação de sistemas LIMS
• Gerenciamento de projeto;
• Preparação do ambiente tecnológico (servidores, bancos de dados, rede, equipamentos);
• Integração de cromatógrafos em uma única interface (Atlas);
• Instalação de sistemas e testes (SampleManager, Nautilus, Darwin, etc);
• Configuração de interfaces com os instrumentos do laboratório;
• Configuração do sistema de acordo com os processos do laboratório;
• Interface com o sistema corporativo da empresa (ERP);
• Migração de dados e relatórios;
• Treinamento dos usuários finais e administradores;
• Documentação.

Suporte e manutenção
• Projetos de Infraestrutura de Tecnologia (construção de DATACENTER);
• Atualizações, correções e suporte;
• Suporte à equipe de TI na gestão do sistema (backup, rede, novas instalações).

Automação de processos
• Equipamentos de entrada de dados (leitores, código de barras, etc);
• Equipamentos de segurança e liberação de acesso físico.

Por Ulysses Azevedo, consultor em tecnologia - Grupo Vidy.