Projeto Bromangol


Centro Tecnológico Bromangol

Está em fase de implantação em Luanda - Angola, o Centro Tecnológico Bromangol. Esta obra vem com a missão de garantir segurança alimentar nos produtos importados e monitoramento da produção nacional.

Terá o compromisso de executar análises físico-químicas e microbiológicas referenciadas nos monitoramentos utilizados no Brasil e Comunidade Européia, visando o atendimento rigoroso de controle de qualidade e sanidade pública, além de prestar serviços analíticos, contando com experientes analistas, utilizando alta tecnologia e ciência.

Na primeira fase de implantação, as análises serão realizadas em laboratórios provisórios instalados em containers com 586,6m², com capacidade analítica de 21.000 análises/mês, divididas em testes físico-químicos e microbiológicos em alimentos. Será dotado de um corpo técnico e administrativo especializado formado por brasileiros e angolanos, com o objetivo de implementar tecnologia e transferir conhecimento para processos, treinamentos internos e externos com o compromisso de melhoria contínua da capacitação profissional.

A estratégia deste projeto é formar pessoal qualificado, disseminar o uso de alta tecnologia e contribuir com o crescimento científico do país, abrindo novas oportunidades de comércio entre os países, fomentado pelo controle de qualidade assegurado dos produtos e aumentar a visibilidade do país frente aos mercados internacionais, tornando-se competitivo comercialmente.

Na segunda fase, o Laboratório Central terá com 6.000m², com capacidade analítica acima de 30.000 análises/mês, divididas em testes físico-químicos e microbiológicos em alimentos, fármacos e brinquedos, além da possibilidade de expansão da capacidade analítica para até 40.000 análises/mês, em um único turno de trabalho.

Os laboratórios seguem desde sua construção os padrões de qualidade exigidos para a certificação ISO/IEC17025, sendo estruturados dentro de um sistema de qualidade totalmente rastreável, com os documentos e métodos prontos para a acreditação por órgão certificador, que pode ser o INMETRO no Brasil.

Com a futura acreditação do ISO/IEC17025, os laboratórios conquistarão a credibilidade e serão reconhecidos mundialmente pela competência técnica de laboratórios para a realização de ensaios analíticos.